• Lucão

De onde vêm suas ideias?



A pergunta mais comum feita a quem escreve constantemente é essa: "de onde vêm suas ideias?".


E eu pergunto de volta: pra onde vão as suas?


Sim, todo mundo tem ideias. Sem querer saber se são ideias boas ou ruins, todo mundo é cheio de ideias o tempo todo. A diferença é que algumas pessoas têm coragem de usá-las e outras deixam seus pensamentos se perderem como fumaça.


Eu tiro minhas ideias de tudo, por mais bobo que isso possa soar. Olho pro lado e tenho ideias sobre a xícara de café que está sobre a mesa, olho pra baixo e tenho outra ideia pra escrever sobre a roupa que eu tenho usado no meu home office, olho pro canto e vejo que posso escrever sobre o hábito de aguar as plantas...


Eu tiro minhas ideias, a princípio, desses olhares. Mas quer ir mais longe? Eu olho pro meu passado e começo a folhear minhas lembranças, tentando encontrar uma história engraçada, um episódio triste, um momento que me comoveu, e aí eu descubro mais e mais ideias.


"De onde vêm suas ideias?" é uma pergunta que pretende homenagear quem tem muitas ideias, mas na verdade só ofende quem diz que não tem (normalmente é quem faz a pergunta). Onde você coloca as experiências que vive, as histórias que acumula, os choros e os risos que você já experimentou?


É verdade, não há uma formação profissional como há para advogados, médicos, engenheiros, professores que nos ensine a ter ideias para escrever. A gente aprende vivendo, lendo, se baseando nas experiências dos outros escritores. É preciso experimentar bastante para dar consciência ao processo da escrita.


O que eu posso dizer é que eu acabei de contar a história de eu começar a dar os cursos de escrita, em 2018: tentar encurtar ao máximo o caminho das pessoas que querem escrever mais, mas sofrem com a ausência de orientações e dicas para desenvolverem seus próprios processos.


Depois de 2 anos dando cursos de escrita, o Instituto Mola Cursos nasceu desse desejo que mais pessoas possam aprender sobre seus próprios métodos de escrita, com consciência e, claro, prazer.


No Literariamente, meu primeiro curso aqui no Mola, passo por cada etapa da escrita literária. A videoaula número 02, inclusive, é sobre "Escrevivência", e fala sobre como aproveitar as vivências para elaborar suas histórias.


Se te interessou, faça uma aula gratuita do curso, disponível para quem quiser experimentar. Basta fazer um cadastro rápido e acessar a plataforma. Experimente.



55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo